I
Num tempo de outros tempos
Que o tempo marcou na história
Me rebusco na memória
Das minhas reminiscência
E pra demarcar a existência
Eu vou no longínquo infinito
Pra buscar o que há de bonito
Na terra dos faraós
O nome que para nós
Carrega as glórias do Egito

II
E um nome, que diz a história
Foi dado a uma princesa
Por sua rara beleza
E incomparável ternura
A mais linda das criatura
Que encantou até o Rei Davi
Foi por isso que escolhi
Este nome quase santo
Para que sirva de manto
Pra dar proteção pra ti

III
Minha princesa Ísis
Este é teu nome sagrado
Que por anos tenho sonhado
Desde quando era guri
Este nome eu guardei pra ti
Pra te homenagear minha filha
E como uma estrela que brilha
No mundo tu irás brilhar
E a todos encantar
Minha sétima maravilha

IV
Ísis Chesani Pompeo de Mattos
A nossa linda menina
Tu es a benção divina
Que a mamãe Frã queria
Que o mano Íkaro pedia
E a mana Julia esperava
E todo mundo rezava
Aguardando tua chegada
Seja bem vinda amada
Tu és tudo que nós desejava

V
Veja que lindo princesa
A data em que tu nasceu
Mal o dia amanheceu
O perfume, a quimera
As flores da primavera
Dando viva para a prendinha
Pra cantar o “prenda minha”
Nesta data farroupilha
Mais um elo de família
Que um dia será a rainha

VI
Que deus guie teus passos
Te de inteligência e saúde
E a sabedoria te ajude
A encontrar os caminhos
Não vai te faltar carinho
E a primavera em flor
Por obra do criador
Te dará fruto e semente
Como nos deu de presente
A obra prima do amor

VII
Por isso agradeço a deus
Pelo milagre da vida
E que nossa senhora aparecida
Te proteja e te de luz
E que o menino Jesus
Para ti estenda a mão
E encha teu coração
De carinho e de bondade
Pra que o amor e a liberdade
Te sirvam de inspiração

Autor:
Deputado Pompeo de Mattos